Transportes Urbanos em Albufeira

Posted on 1/26/2013 by Daniela Santos

A completar 9 anos de existência em 2013 (dia 20 de Agosto) o GIRO, a rede de Transporte Público Urbano de Albufeira, serve os residentes e milhares de turistas que aqui se deslocam para conhecer o Concelho. Em 2012 o número total de passageiros transportados ultrapassou 1 milhão (1. 109. 531), distribuídos pelas 5 linhas da seguinte forma: linha vermelha 1 e 2 - 378.360 – linha verde – 286.934 – linha azul – 274.595 – linha laranja – 169.642 – números que evidenciam a crescente procura do serviço por parte da população e visitantes, e que levou a Autarquia, já por duas vezes, a reequacionarem o modo de funcionamento dos transportes. Em 2007 com o desdobramento da linha vermelha e o início da linha vermelha 2 e, em 2010, com a criação da linha laranja que faz a ligação entre Albufeira e Ferreiras. Atualmente o GIRO circula por toda a área urbana da cidade, incluindo a zona do Páteo, Marina, Oura, Montechoro, todas as escolas EB 2,3 e Secundárias da freguesia de Albufeira e a maioria das escolas primárias e do ensino pré-escolar e permite o acesso cómodo e rápido à Estação dos Caminho-de-ferro, em Ferreiras, facilitando em muito quem chega a Albufeira de comboio. Durante o último trimestre de 2012 a Autarquia realizou um inquérito com vista a avaliar a satisfação dos utilizadores. Foram aplicados 500 questionários com vista a estudar a melhor solução para a dinamização do serviço, bem como perceber quais se os seus percursos são considerados adequados e que tipo de ajustamento necessitam, quer em termos de trajeto quer do número de paragens, sua localização, tipo de autocarros e a oferta destes a utilizar em função dos diferentes percursos e dias da semana. Foram efetuadas questões no âmbito de oito temas considerados os mais pertinentes, nomeadamente, a Segurança, Comodidade e Conforto, a Limpeza e Estado de Conservação dos autocarros. Títulos de Transporte, Tempos e Horários, Informação Disponível, Motoristas e Bilheteiras. Da análise dos dados constata-se que a maioria dos utilizadores está totalmente satisfeita ou satisfeita com a generalidade dos serviços prestados pelo GIRO, mais precisamente 75% dos inquiridos revelam este estado de espirito.

Enquanto cerca 26% se encontram satisfeitos, 13% se encontram insatisfeitos e 12% não sabem ou não respondem. Os itens com a maior percentagem de satisfação em que os inquiridos se revelam muito ou totalmente satisfeitos são a oferta de transportes e os horários praticados, que registam o seu valor máximo, de 62 %, na linha laranja. O item com a maior percentagem de insatisfação, corresponde à comodidade e conforto dos autocarros, mesmo assim não ultrapassando os 26% de insatisfeitos, na linha vermelha dois.
O que leva a manter e reforçar que o GIRO é, sem dúvida, uma mais-valia para os munícipes de Albufeira e para os seus visitantes, do ponto vista da mobilidade dentro da cidade e até à estação de caminho-de-ferro das Ferreiras.
 
Para o vereador responsável pelas Acessibilidades Viárias, Estacionamento, Mobilidade e Transportes Urbanos, Carlos Quintino, os resultados do inquérito são bastante satisfatórios “o GIRO veio melhorar em muito a qualidade de vida em Albufeira em matéria de mobilidade e transportes. É uma forma cómoda e económica dos residentes se deslocarem para os seus compromissos diários, e dos seus visitantes e turistas conhecerem e explorarem a cidade. Oferece aos seus passageiros uma excelente relação preço-qualidade, note-se que ao nível do Algarve, o GIRO é o serviço de transportes urbanos que garante o preço base do bilhete de bordo, do passe sénior e do passe escolar, mais baixo. E por outro lado, com a consolidação deste sistema de transportes urbanos, contribui-se e continua a contribuir-se fortemente para melhorar as condições de mobilidade na cidade de forma mais amiga do ambiente. Claro que existem sempre algumas correções e melhorias a serem feitas, tanto pela autarquia como pela concessionária, o que acontece quase que diariamente, sempre com o objetivo de manter a qualidade nos aspetos em que esta já é boa e muito boa, e aumentar a mesma naqueles aspetos em que ainda não o é” conclui o vereador Carlos Quintino.